#livreirinha

  • fb_icon
  • insta_icon
Todos os direitos reservados © 2016 - 2018 · Livreirinha | Literatura infantil e infantojuvenil

Um Coelho

07/04/2018

Sonho, realidade... fora do sonho, liberdade?

 

 

Hoje eu trago uma dica pra lá de especial!

A páscoa passou a pouco, mas meu coelhinho veio só agora. E sabe porquê? 
Porque ele estava sonhando... Sonho tão sem fim, que de verdade, não sei nem se ele já acordou.

 

 

Nesta linda história repleta de cores, acompanhamos um coelhinho que não quer mesmo saber de acordar.
Em um dia sem chuva, seu sonho não parou de rolar e nada nada dele desistir de sonhar. 

No sonho ele abraçava o vento e o mar; escutava idiomas desconhecidos, contava estrelas sem parar.
Tudo aquilo que ele não entendia, pelo sonho ele sentia. 
Pelas praias, rios noite à fora, lá vai o coelhinho sonhando por aí.

 

 

Mas em um momento o coelho tinha que acordar. Todos acharam muito estranho ele ali, dormindo e dormindo, parecia não cansar
de sonhar. 

 

Assim que acordou o coelho tratou de contar tudo tudo o que sonhou, mas claro, ninguém acreditou. 

E você acha mesmo que ele se importou?

 

 

Um lindo livro que fala sobre sonhos e liberdade - vontades e conquistas. 
A mensagem é trazida de forma sutil mas muito presente através das cores de
Anabella López.

 

Editado pela Aletria, em 2017, O Coelho é uma grande viagem para se discutir os sonhos e até onde eles podem se tornar
realidade.

POR QUE LÊ-LO?    

 

Anabella López está entre meus ilustradores preferidos. E faz pouco tempo que conheci seu trabalho, pra falar a verdade,
ano passado. 

 

Na Primavera de Livros de 2017, procurei pelos estandes algum chamariz especial nas prateleiras infantis.
Foi assim, que a Anabella me surgiu no estande da Editora Aletria. 

De forma curiosa, eu já conhecia o trabalho da Anabella de outras editoras, em títulos publicados pela Pallas e pela 
Lago de Histórias, por exemplo. 

 

Mas, desbravando alguns titulos da editora esse me chamou bastante atenção.
Adoro livros que falam sobre sonhos, porque sempre foram um grande mistério para mim. 
Lembro de quando criança sonhar as coisas mais loucas e divertdas, mas também muito assustadoras.

E quando acordava, assustada de não entender qualquer coisa, parava pensando até onde tudo era ou não um sonhos.

Quando li este livro me lembrei dessa memória infantil. Na verdade, das várias.

 

Anabella usou seu ar contemporâneo de ilustração e cores para transmitir a mensagem de que nossos sonhos são
nossa maior liberdade. A mensagem é realmente linda, não é mesmo?

 

Vale a pena conferir!

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload