• fb_icon
  • insta_icon

#livreirinha

Todos os direitos reservados © 2016 - 2018 · Livreirinha | Literatura infantil e infantojuvenil

Os convidados de senhora Olga

01/10/2018

Adivinha que vem para o jantar?

 

 

Eva Montanari escreveu este livro que é, para mim, um dos melhores do ano!

 

Todos os dias, a senhora Olga e seus “ouvidos mais delicados da cidade” ficavam à espera do próximo convidado. Ela já sabia quem viria para o jantar pois conhecia direitinho o jeito de cada um andar.

 

 

E toda noite ela se preparava para cozinhar um macarrão bem gostoso e claro, os ouvidos estariam sempre atentos para mais uma aventura!

Tinham noites que eram mais calmas, onde sentada em um galho da uma árvore, ela ouvia as histórias de um certo barão que jamais descera de lá.

 

 

Já em outras noites, mais agitadas, ela comia macarrão ao lado de gigantes e acredite até escondeu uma baleia de alguns caçadores...

Ah! Como eram felizes as noites da senhora Olga! E como ela dormia bem após uma bela história!

 

 Tão bem que sua neta, Nina, tinha certeza que para a próxima noite, sua avó estaria de prontidão, na porta de casa, à espera de mais um convidado!

 

 

Mas a surpresa do livro, eu não vou contar!

Uma bela história que nos leva à uma viagem pela memória dos clássicos e nos faz ter vontade de ler, reler e imaginar, página por página!

 

 

 

POR QUE LÊ-LO?


Eva Montanari trouxe uma nova forma de revisitar os clássicos que fizeram parte de nosso imaginário e de nossas noites quando crianças.

Cada personagem recebido pela senhora Olga, salta de um conto clássico ou de fadas, diretamente para a mesa de jantar. Eles não só contam sua história como trazem o contexto para dentro da casa da simpática vovó. O forte dela é a escuta atenta, que a leva a imaginar e sonhar com todos esses personagens clássicos trazidos em contação, pela sua neta.

 

Pela história de Montanari revisitamos Alice, A Pequena Seria, Pinóquio e conhecemos Moby Dick, O Mágico de Oz, Dom Quixote, conversamos com o Barão das Árvores e até Dorian Gray.

 

 

As ilustrações são lindíssimas e o bacana do livro é que na leitura para os pequenos talvez você mesmo tente adivinhar quem são aqueles personagens que um dia você já ouviu, viu ou leu a respeito.

 

Enquanto as crianças ficam mesmo instigadas para saber quem é aquela misteriosa figura.

 

O que mais me emocionou no livro, além desta busca pela minha memória literária, foi o fato de que minha querida avó também se chama Olga, e é uma cozinheira de mão cheia! Sentar à mesa e ouvir uma boa história era a melhor parte do dia.


  

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload