• fb_icon
  • insta_icon

#livreirinha

Todos os direitos reservados © 2016 - 2018 · Livreirinha | Literatura infantil e infantojuvenil

A menina dos livros

27/05/2018

O fantástico mundo da literatura, de Jeffers e Winston.

 

 

A menina dos livros começa assim, com a história dela mesma, a menina que ama histórias e que nelas vive tudo o que pode!

 

De início ela está ali, sentadinha, lendo alguma história.

 

De repente ela nos convida a viver as mesmas experiências que ela mas, para isso, precisamos viajar nos contos e nas palavras presentes nos livros que ela lê, que nos indica página por página.

 

 

Com os livros ela mostra que podemos voar, nos aventurar, explorar os mais inóspitos cantos, se perder em florestas e até mesmo conhecer o espaço. Mas para isso, precisamos das histórias.

 

O livro é muito bem construído em sua combinação de palavras, imagens e paratextos - que são aqueles textos presentes na narrativa mas que não são parte do texto principal. Mas ainda sim, neste caso, os paratextos são praticamente como o principal por que é justamente deles por onde os autores tiram as referências para cada cena presente no livro.

 

 

Quando a menina chama o seu amigo para percorrem juntos um novo caminho, este acaba por ser as entrelinhas de um trecho de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Caroll, que formam um tapetão de palavras a explorar.

 

Quando incentiva à descoberta e à busca de tesouros, adentram em uma caverna feita por trechos de A viagem ao Centro da Terra, de Julio Verne.

 

Ou ainda quando a simpática menina o convida para uma noite tranquila dentre as nuvens carregadas de cantigas e canções de ninar.

 

 

É um mix de narrativas que funcionou de forma tão peculiar e curiosa que o livro foi ganhador do prêmio de Bolonha 2017. 

 

De verdade, Oliver Jeffers e Sam Winston trouxeram um livro repleto de segredos gostosos, celebrando o melhor da vida e das histórias que lemos durante anos: a própria imaginação!

 

Disponível na TRAVESSA

POR QUE LÊ-LO?

 

Sou um pouco suspeita para falar quando o assunto é Oliver Jeffers. 

Adoro a criatividade com que monta suas histórias e trabalha harmoniosamente com suas ilustrações. 

É tudo sempre muito bem montado e é, para mim, um autor chave quando pensamos em livros ilustrados.

E para este livro específico, sua parceria com o artista Sam Winston, que tem seus trabalhos voltados para repensar e reinterpretar as formas de linguagem, resultou em uma história super premada e traduzida em mais de 20 línguas. 

 

Em A menina dos livros, o que importa é a imaginação! 

A forma como os autores brincam com a ideia das palavras e das ideias, de forma literal, é muito bacana! 

Deixam o livro com um aspecto sutil e com uma narrativa leve, ao mesmo tempo em que acrescentam elementos a primeira vista complexos, para a leitura mais infantil. 

 

Isso é incrível, pois conseguiram construir uma história que fomenta a curiosidade dos leitores, para quem sabe, em uma próxima visita à livraria, se deliciem com outros títulos tão bons quanto!

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload