• Ana Claudia

Escrito e desenhado por Enriqueta


Para apaixonados por livros, histórias em quadrinhos e para os que amam desenhar!

Oba, finalmente Enriqueta chegou por aqui! E estou felicíssima! =)

Vocês devem conhecer o cartunista Liniers pela sua série Macanudo, famosíssima por aqui no Brasil.

Divertido, irreverente e cheio de graça (mesmo!) os personagens de Liniers passeiam em algumas outras publicações, que não só nas tirinhas de Macanudo. É o caso de Enriqueta e Fellini, neste livro que trago por aqui.

“Escrito e desenhado por Enriqueta” é uma explosão de narrativa!

Um dia, Enriqueta ganha uma caixa de lápis de cor e decide escrever uma história.

Parênteses :: Se você não conhece a Enriqueta é bom saber que ela é uma menina que adora ler, é reflexiva e muito criativa. Pois é, já sabemos que essa história que vai escrever é instigante!

E a partir da primeira página, Enriqueta vai desenhando e imaginando como se desenrolaria sua história.

O curioso é que ela já decide, logo de início, o título do livro: “O monstro de três cabeças e dois chapéus”. Entendemos que este é o personagem principal e mais adiante, acompanharemos Enriqueta por inúmeros dilemas que transitam em seu papel de escritora e leitora.

É muito bacana perceber as inquietudes dela ao escrever a história, pois ela se envolve de forma muito emotiva e divertida com a narrativa que cria – sente medo, se assusta, tem dúvidas de como a história irá prosseguir.

Fellini, seu gatinho companheiro, observa seus desenhos, dá pitacos e até brinca com Enriqueta e suas tensões – a provocação de até onde a personagem de Enriqueta não seria um reflexo dela mesma é maravilhosa! Qualquer semelhança, mera coincidência?

Mesmo que você já saiba, não tenho como deixar de falar aqui sobre as semelhanças de Enriqueta com a personagem de Quino, Mafalda. As questões, as ironias e reflexões... Nostálgicas!

As ilustrações caminham também, em duas narrativas paralelas de uma metalinguagem: a história dentro da história, o livro dentro de outro livro.

Nossa leitura começa no plano dos quadrinhos, quando acompanhamos o início da criação de Enriqueta; logo que inicia seu processo criativo, a história ganha dois planos ilustrativos e identificamos os traços infantis de um desenho super colorido em paralelo aos quadrinhos da história inicial.

E o mais interessante é que em textos que trabalham com essa forma de linguagem, nem sempre temos as narrativas tão dependentes uma das outras. Não é o caso deste livro – ele só pode ser o que é pois o quadrinho de Liniers só acontece quando o livro de Enriqueta vai sendo escrito.

Genial!

O desfecho de ambas as leituras é uma maravilha!

Afinal, após escrever uma boa história, qual o próximo passo?

E depois de ler uma boa história, qual seria?

POR QUE LÊ-LO?

Confesso que, não sei bem o por quê, não abordei muito sobre histórias em quadrinhos no site.

Curioso, pois sou uma entusiasta dos quadrinhos e os considero uma forma de leitura maravilhosa para introduzir novos temas nas leituras das crianças, trabalhar de formas diferentes a partir das ilustrações e ainda, aproximar os leitores mais tímidos de publicações literárias mesmo.

Me lembro da quantidade de revistinhas da Turma da Mônica que lia; da empolgação em ler tirinhas nos jornais junto do meu avô nos finais de semana e até de me aventurar na coleção de quadrinhos do pai. Leio muitas HQs, hoje com um perfil mais cult.

Este livro de Liniers é uma celebração de tudo isso: dos livros, leitores, ilustradores, histórias em quadrinhos e da infância.

Me peguei em lembranças ao desenhar, colorir livros - sim eu coloria todos os livros que lia e que tinham ilustrações em preto e branco; colecionar lápis de cores e criar historinhas.

Acredito que a leitura deste livrinho será muito inspiradora e divertida pois são várias as formas de leitura - um belo exercício literário. Um ótimo livro para trabalhar com os pequenos na escola, também!

Para os leitores iniciantes, uma forma de mergulhar no universo dos quadrinhos; para os leitores em processo, explorar as novas formas de leitura e representação do texto.

E certa de que após a leitura, muitos desenhos poderão surgir.

#HQ #HQparapequenos #HistóriaemQuadrinhos #VergaraRiba #Liniers

  • fb_icon
  • insta_icon

#livreirinha

Todos os direitos reservados © 2016 - 2018 · Livreirinha | Literatura infantil e infantojuvenil