Hoje é dia de Desventuras!


Sim e se você é o tipo de leitor que adora finais felizes dê meia volta e vá buscar outra coisa para ler!

Isso porque nossa série comporta 13 livros (sim, para muitos um número que remete ao azar) que contam a história de três irmãos (sim, número ímpar para causar um desconforto) que ficam órfãos (é, muito triste) e precisam lidar com inúmeras marés de azar (são inúmeras mesmo, acredite!). A série começa com o primeiro livro "Mau Começo" onde somos apresentados aos nossos personagens centrais: Violet – a irmã mais velha que adora inventar coisas, Klaus – o irmão do meio apaixonado por leitura e Sunny, a pequena que adora morder tudo – esses são os irmãos Baudelaire. Órfãos, acabam aos cuidados de um "parente distante", o Sr. Olaf (não é o boneco de neve, não) que na verdade mesmo só quer a herança dos pequenos. Vou me conter aqui e falar somente sobre a obra por completo porque é hoje (claro, sexta-feira 13) o dia em que a série estreia no Netflix e não quero estragar a surpresa de ninguém.

Não conto, tá?

O importante e mais crucial dessa apresentação toda é comentar sobre como Lemony Snicket escreve essa espécie de thriller infantofantástico de maneira primorosa cheio de referências e paródias a outros clássicos e sobre situações cotidianas do âmbito social. Claro, para o público infantojuvenil a leitura não carrega tanto do peso das críticas pois nós, adultos, as enxergamos muito bem. Mas isso não significa que os mais jovens não entendam a crítica pura – na verdade ela os parece como, acredito eu, Snicket bem queria: de forma irônica e as vezes cínica! Bem, eu conheci Lemony Snicket quando o filme Desventuras em série foi lançado em 2004 pela DreamWorks – eu tinha lá meus 15 anos e não tinha muita experiência literária nos livros de fantasia e ficção. E só em 2013 tive a oportunidade/curiosidade de ler este autor incrível e muito icônico. Trabalhando em uma livraria e vendo aquela linda coleção ali na prateleira vocês entendem né, não tem como não ler!

A série é verdadeiramente uma desventura já que um monte de coisas erradas e chatas acontecem a toda hora com nossos personagens. É muito azar para pouca gente. Mas em meio a tantos infortúnios temos um enredo incrível e uma narrativa sensacional. Isso porque, o narrador de nossa história é extremamente crítico e irônico com absolutamente tudo o que acontece no livro. Você passa a história toda torcendo para pelo menos uma vez alguma coisa dar certo para esses três... Mas é quase sempre um desejo em vão. Vão achar muita graça, vão achar reflexivo, vai ter risinho de lado sim – porque você já sabe quando o narrador vai vir com algum comentário paralelo, nota de pé de página ou explicação semântica. E vai ter aquela vontade de devorar um atrás do outro, sem parar!

"Não sei se vocês já perceberam, mas as primeiras impressões muitas vezes são inteiramente falsas. (...) Na primeira vez que você experimenta queijo gorgonzola pode achar que é forte demais, mas, quando você for mais velho, pode querer não comer outra coisa na vida a não ser queijo gorgonzola. (...) A primeira opinião que você tem sobre qualquer coisa pode mudar com o tempo. Eu gostaria de dizer para vocês que os Baudelaire estavam enganados nas primeiras impressões que tiveram com o conde Olaf. Mas aquelas impressões (...) estavam absolutamente corretas."

Se você gosta de séries, des(a)venturas, esta com uma ressaca literária e/ou quer simplesmente aquele livro bom para se divertir corra e comece a devorá-los! A Seguinte, o selo juvenil da Companhia das Letras, lançou um box L-I-N-D-O com todos os livros da série. É para se deliciar mesmo. Agora, já aviso logo que, se você é daqueles leitores que adoram um “ponto final” na história, nem cheguem perto de "O FIM" – o último livro da série. Pode ser... Perturbador!

PS: E se você pensa que Lemony Snicket só escreveu desventuras, fique pertinho da Livreirinha para descobrir novos livros desse autor incrível!

#desventurasemsérie #lemonysnicket #seguinte #livroinfantojuvenil #juvenil #desventuras #netflix #livroseseries #dicalivreirinho

  • fb_icon
  • insta_icon

#livreirinha

Todos os direitos reservados © 2016 - 2018 · Livreirinha | Literatura infantil e infantojuvenil