Livros para o Natal


Bate o sino! Já é Natal! E livros são uma ótima opção de presente e servem como bons companheiros para trazer uma pouco mais de magia para esse momento tão encantador para as crianças. Bem, para nossa penúltima semana do ano separei seis títulos que considero ótimas opções para elas. Pode parecer algo fácil para a época (ah livros de natal, papai noel e essas coisas tem aos montes) mas escolher livros que tenham a ver com o Natal sem ter muito do clichê e sem inovar demais pode não ser tão óbvio. A receita é básica: elfos, fantasia, amor, amizade, gnomos, cartas, Papai Noel. Coloque tudo em algumas páginas e... voilà!

É claro que existe uma infinidade de livros com esses temas e, sobre o Natal propriamente dito, existem livros pop-ups, de exercícios, adesivos, com música e um monte de propostas interativas. Aqui, eu trouxe aqueles livrinhos-tesouro que muitas vezes ficam ali, de lombada nas estantes, outras vezes estão fora das grandes redes de livrarias - calma, eles ainda vendem pela internet - ou ainda, são releituras dos tradicionais clássicos. Aqui no blog eu falo um pouco sobre cada um deles e, ao longo da semana, vocês podem ler um review mais completo pelo Facebook.

O CARTEIRO CHEGOU

Cartas, cartas! Cartas para todo lado... até nos contos de fadas!

O Natal é uma data muito gostosa e um período muito encantador para as crianças. São enfeites, presentes, magia e mistério. Para começar nossa semana especial de Natal escolhi falar sobre um costume muito gostoso, que ainda permanece nesta data: escrever cartas. Afinal, quem nunca escreveu uma carta para o Papai Noel?

Em “O Carteiro Chegou”, da Companhia das Letrinhas, damos um passeio muito gostoso por uma espécie de vila dos contos de fadas. Nosso carteiro anda, de casa em casa – às vezes castelos e choupanas – entregando cartas por aí. Visita personagens que conhecemos muito bem como a Cinderela, a Bruxa Malvada, o Lobo Mau e até o Sr. GG Gigante! Peraí, você não se lembra do GG Gigante?

“Pedalou o bom Carteiro, pedalou, pedalou bastante, até chegar a uma casa, uma casa gigante. Tão alta era a campainha, a campainha gigante, que o Carteiro precisou trepar numa escada (gigante) pra tocar, dim-dom dim-dom, avisando que ele vinha trazendo um cartão-postal para... adivinha!”

E nesse ritmo gostoso e divertido, lemos várias das cartas entregues pelo carteiro. Para cada destinatário um envelope e em cada cartinha uma história muito engraçada, um pedido de desculpas ou propaganda de produtos mágicos!

Janet e Allan Ahlberg, autores deste livro, conseguiram transmitir a emoção que temos em receber uma carta de alguém tão querido, e essa experiência fica ainda mais gostosa quando podemos abrir os envelopes e lê-las uma a uma. Uma delícia! Leia mais no Facebook.

OLIVIA AJUDA NO NATAL

Eu poderia começar dando altas gargalhadas da Olivia mas vou me conter um pouco.

Olivia, Olivia, Olivia! Adoro a Olivia! Se você ainda não conhece essa porquinha cheia de estilo e personalidade, criada pelo incrível Ian Falconer, eu trouxe uma ótima oportunidade para você conhecê-la em: Olivia ajuda no Natal, da Editora Globo. Como toda e qualquer criança, Olivia fica inquieta e impaciente nesta data. Afinal, o que ela quer mesmo é ficar atenta à chegada do bom velhinho com seus presentes na noite de Natal. Mas antes dele chegar, muito ainda tem que ser feito: compras, enfeitar a casa, montar a árvore, preparar a ceia e tudo mais! É um livro muito divertido porque enquanto Olivia ajuda, também atrapalha. É comida errada para o irmãozinho, a árvore de Natal destruída e por aí vai Olivia toda enroscada no pisca-pisca.

E com essas tarefas Olivia se distrai e se diverte mais do que imaginava claro, com todo seu jeitinho peculiar e atrapalhado. Quando chega a hora dos presentes é pura alegria e o dia seguinte é repleto de felicidade e brincadeiras natalinas. Junto de seus dois irmãos e de seus pais, Olivia passa esse dia tão gostoso até não aguentar mais – mas mesmo caindo no sono, seu Natal ainda não terminou.

Leia mais no Facebook

O ESTRANHO MUNDO DE JACK

Amamos Tim Burton e amamos Jack! Olha, venhamos e convenhamos que essa é uma das animações mais famosas do mundo e uma lembrança viva sobre o Natal - mas um Natal diferente. E é fácil de lembrar o porquê. Tim Burton é um cineasta fantástico que usa muito da cultura gótica e sombria em seus filmes - ainda que com um perfil divertido e despojado. Seus traços peculiares e as expressões de seus personagens são únicas e que sucesso fazem com as crianças!

No início deste ano, a editora Cobogó lançou no Brasil a edição de "O estranho mundo de Jack" - revisada pelo autor e com novas ilustrações. Livro este que é figurinha carimbada nas prateleiras dos amantes do cinema, da literatura, fantasia e tudo mais. E bem, se você não conhece muito do Tim Burton (a não ser suas lembranças do Batman) e muito menos está entendendo o que um simpático esqueleto tem a ver em relação ao Natal, não se preocupe. Aqui vai uma breve apresentação:

Jack Esqueleto vive em sua mórbida e pacata cidade, a Terra das Bruxas. Jack é figura importante, chamado de o "mestre do Halloween". Um dia, Jack se depara com três grandes portas talhadas em árvores e decide abrir uma delas - muito bonita por sinal, que o chamou a atenção. Quando vê, tinha caído em um lugar chamado "Cidade do Natal" - e como aquele lugar o encantou! E claro, que depois de conhecer toda aquela magia, Jack não poderia viver mais sem toda a sua alegria:

"Nos dias seguintes, entre raios e trovões,

Jack sentou e pensou com seus botões:

'Por que eles espalham risos e alegrias

E nós, pânico e medo pelas noites sombrias?

Bem eu poderia ser o bom velhinho, talvez...

Indignado com essa injustiça, pensou e pensou,

Até que, enfim, um plano bolou."

E você, lembra o que acontece com o bom e velho Papai Noel nesta história?

Leia mais no Facebook

4 CONTOS

Os elfos nunca envelhecem, claro. Não mesmo!

Selecionar livros para a nossa semana de natal foi uma oportunidade incrível que tive de poder reviver algumas leituras. E pensando em todos os elementos e personagens natalinos eu não poderia deixar de fora o "4 Contos", do poeta norte americano E.E. Cummings.

Em especial escolhi este livro pelo seu primeiro conto com elfos, fantasia, estrelas... Em "O velho que só perguntava 'por quê'?" conhecemos um gracioso elfo, super bonzinho que morava na estrela mais distante de todas e prezava pelo bem estar de todos, resolvendo todos os problemas. Até que um dia se deparou com o desafio de descobrir quem era o tal velhinho morador da Lua que só perguntava por quê, por quê e por quê. Que difícil situação! Não importava o que o elfo falava ou fazia o velhinho não parava de se questionar sobre tudo. Como sua missão era a de trazer paz para todos os habitantes estelares, o elfo não teve outra saída a não ser fazer com que o velhinho caísse da Lua até a Terra, ficando cada vez mais novo e mais novo, até que virasse novamente, um bebê. O conto nos traz uma reflexão sobre o que é ser criança e o que é envelhecer. Como é linda e simples a visão de uma criança sobre o mundo e como a velhice nos traz muitos questionamentos - às vezes, desnecessários. E isso me lembrou muito toda a fantasia e filosofia sobre o Natal e como é encantador passar por essa fase linda que é a infância - e em como muitas vezes não nos deixamos levar pela imaginação.

4 Contos, editado no Brasil pela Cosac Naify, é o primeiro e único livro infantil escrito por Cummings, ilustrado pelo grande Guazzelli, e é fruto de histórias criadas para seus filhos. Além de "O Velho que só perguntava 'por quê'?" o livro conta com mais outros três contos repletos de sensibilidade. "O Elefante e a Borboleta", "A Casa que comeu torta de mosquito" e "A menina chamada eu" coroam essa obra prima da literatura infantil. Imperdível!

Leia mais no Facebook

AS CARTAS DO PAPAI NOEL

Tolkien e... nada mais!

Eu não poderia deixar de trazer toda a magia, fantasia e poesia de Tolkien para o nosso Natal. Na verdade, eu gostaria que todos pudessem tê-las sempre à mão. J. R. R. Tolkien dispensa qualquer breve apresentação minha. Mesmo assim, não posso deixar de comentar como gosto de sua escrita - nada tão fácil nem mesmo para mim, admito - mas que, em seu livro "Cartas do Papai Noel" se torna a coisa mais linda e agradável do mundo!

As cartas de Papai Noel reunidas nessa maravilhosa edição da editora Martins Fontes são, na verdade, cartas de Tolkien para seus filhos. Cartas que ele escreveu durante longos vinte anos e que trazem toda a sua tradicional fantasia e torna a figura do bom velhinho ainda mais especial.

Era exatamente assim: todo mês de Dezembro chegavam cartinhas diretamente do Polo Norte onde Papai Noel relatava as aventuras e curiosidades de sua vida e de seus companheiros. Principalmente do grande Urso Polar claro, seu grande ajudante que, ao lado de elfos, gnomos, homens de neve e ursos das cavernas, tornavam seu cotidiano super divertido.

Imagine só, que grande confusão quando Papai Noel perdeu seu gorro e acabou metendo seu amigo urso em um grande acidente! Mais ou menos assim:

"Tudo aconteceu assim: num dia de muito vento, em novembro passado, meu gorro saiu voando e se enganchou no topo do mastro do Polo Norte. Eu disse para o Urso-Polar não fazer aquilo, mas ele escalou até a ponta fininha do mastro para pegar o gorro - e pegou. O mastro se quebrou ao meio e caiu no telhado da minha casa, e o Urso-Polar do Norte caiu pelo buraco que ele fez na sala de jantar, com meu gorro em cima do focinho (...)".

As cartas são escritas de forma cuidadosa, cheia de detalhes e no melhor estilo tolkieniano! Ao lado das imagens originais (lindas demais), temos a tradução primorosa de Ronald Eduard Kyrmse. Gente, imperdível mesmo! Para amantes de Tolkien, fantasia, Natal, adultos, jovens e crianças. Um daqueles clássicos que não se pode deixar de ler! Corre porque é raridade e ainda tem alguns espalhados por aí!

Leia mais no Facebook

NOITE FELIZ

...e suas lindas tradições.

Nosso último livrinho para o especial de Natal é super tradicional. Na verdade, tradicional pelas fábulas que resgata mas muito legal na forma como são escritas para as crianças. Editado pela Panda Books, é repleto de curiosidades natalinas.

Tudo começa dois dias antes do Natal quando Mariana, uma simpática menina começa a se questionar sobre a vinda do Papai Noel. Enquanto fica deitada no seu quarto pensando na linda árvore de natal na sua sala, Mariana pensa em muita coisa até que começa a ouvir alguns barulhos. Seria o Papai Noel, já? Não poderia ser... E quando chega na sala, Mariana escuta uma grande discussão entre os enfeites da árvore e resolve se aproximar para saber mais. Enquanto é apresentada aos enfeites e bolinhas coloridas, André - seu irmão desconfiado, se aproxima e junta-se à Mariana numa grande contação de histórias sobre o Natal. Todo dia uma história em especial era contada em meio a um clima de fantasia, quase como um conto de fadas.

"Vovó Antonieta, que dormia no quarto ao lado, acordou com o barulho. - Crianças! Ah... vocês estão aqui? Mariana pensou que a avó estivesse falando com ela e o irmão.

Enganou-se. Sem a menor cerimônia, a avó começou a conversar com os enfeites. Pelo tom pareciam até bastante íntimos."

A autora, Maísa Zakzuk, é uma super produtora de programas infantis e educativos para a televisão (como X-Tudo, Ilha Rá-Tim-Bum, Zapping Zone e outros mais) Produziu este o livro em capítulos curtos e bem trabalhados com toda a ideia das historinhas de natal que ouvimos desde criança. Seu olhar para o tema é tão especial que traduz a admiração das crianças pelos símbolos natalinos.

Para dar um toque especial ao livro, Zakzuk traz em seu final algumas curiosidades sobre como povos ao redor do mundo comemoram essa data. Muito legal mesmo!

Leia mais no Facebook

#livreirinha #livrosinfantis #livrosnatalinos #cobogo #PandaBooks #CompanhiadasLetrinhas #CosacNaify #MartinsFontes #Globo #oliviaajudanonatal #ocarteirochegou #noitefeliz #natal #4contos #oestranhomundodejack #timburton #ianfalconer

  • fb_icon
  • insta_icon

#livreirinha

Todos os direitos reservados © 2016 - 2018 · Livreirinha | Literatura infantil e infantojuvenil