• Ana Claudia

Lançamento: Saramago entre conto e fada


... Não, nada de "era uma vez" afinal isso não é um conto de fadas. Ou, será que é?

Você acredita em fadas? É com essa frase que José Saramago nos convida a ler “O Lagarto” que será lançado aqui no Brasil ainda esta semana pela Companhia das Letrinhas. Tal conto é parte de um livro de crônicas publicado em 1973 chamado A Bagagem do Viajante. A história nos conta sobre o aparecimento de um lagarto no meio da cidade. Ninguém sabe de onde veio, por onde nem quando.... só se sabe que repentinamente lá estava ele! E que grande confusão este causava! Com aquele olhar misterioso e movimentos suspeitos, assustava a todos que passavam! Bombeiros, soldados, aviadores: todos mobilizados para conter tal bicho! Todos se uniram contra o tal lagarto. Ai meu deus, um grito! E quem poderia dar um jeito nisso? Ah sim, claro.... aquilo que dizem já não ter mais credibilidade, ser só fantasia ou quem sabe, pura invenção! Afinal... esse não seria um conto de fadas? Bem, falar sobre Saramago é estar um pouco por ali e por aqui. É pensar em interpretações. Ganhador do Prêmio Nobel de literatura, Saramago é um autor muito consagrado, com outros títulos infantis já publicados aqui no Brasil mas que, ainda sim, parece ser uma leitura um tanto difícil aos primeiros olhos. Para mim, é isso que tanto encanta! O uso de palavras cuidadosas e a estrutura do texto conseguem prender os olhinhos mais atentos. E se a criança não souber o que aquilo significa aí que mais a instiga pois, o interesse em saber interpretá-la também é parte do que se constrói da história e seu significado. O livro ainda é coroado pelas incríveis xilogravuras feitas pelo brasileiro J. Borges que traz toda a tradição do cordel em suas coloridas ilustrações, enriquecendo o livro de forma primordial. A ideia de trazer Borges para ilustrar este conto partiu do editor argentino Alejandro García Schnetzer. A edição portuguesa foi apresentada na Feira de Óbidos (FOLIO) em Portugal, em setembro este ano. Vale muito a pena conferir essa lindeza!

POR QUE LÊ-LO? Além de ser aquele livro que combina o melhor da tradição brasileira na ilustração com as palavras enriquecedoras de Saramago. O livro traz ainda uma provocação à ideia sobre contos de fadas. Em forma de fábula, traz a questão do julgamento ao outro, do diferente, daquilo que aparentemente pode ser uma ameaça quando se acredita nisso. É um conto repleto de sentidos e interpretações. Provocador e um tanto irônico, Saramago nos dá um final que ainda sim é belo e reflexivo.

"Calados, muitos recordam, Na prosa das suas casas, O lagarto que era rosa, Aquela rosa com asas"

#Saramago #ilustração #JBorges #xilogravura #cordel #conto #companhiadasletrinhas #voceviu

0 visualização
  • fb_icon
  • insta_icon

#livreirinha

Todos os direitos reservados © 2016 - 2018 · Livreirinha | Literatura infantil e infantojuvenil